-->

5 maneiras como a música nos torna mais felizes e saudáveis

em September 20, 2022

Gostas de música?

Então não estás sozinha. Pesquisas mostram que os Portugueses passam até quatro horas por dia a ouvir música. Seja no rádio, streaming ou ao vivo, adoramos ouvir música – e por boas razões.

A música tem uma maneira de nos conectar aos outros e às nossas memórias.

Provavelmente todas nos podemos lembrar de uma música específica em um momento específico de nossas vidas, seja a caminhar pelo corredor, cantar uma canção de embalar para um filho ou neto ou “partir a louça” com uma melhor amiga!

Ouvir essa música pode trazer essa memória de volta com clareza nítida.

A música também nos faz sentir melhor. Dá-nos energia, melhora o nosso humor e pode até nos ajudar a controlar a dor e a doença.

A melhor parte?

Qualquer tipo de música pode estimular esses benefícios.

Se tu gostas de rock clássico, jazz, rap, clássica, ópera ou sucessos pop, todos os gêneros têm o poder de melhorar nossas vidas e a nossa saúde.

Aqui estão algumas das maneiras pelas quais a música nos beneficia.

 

1. A música melhora a memória.

Lembras-te de “ cantar a tabuada”? Muito provavelmente foi assim que a aprendeste, e ainda mais provável é que a estejas a cantar na tua cabeça neste momento! A música tem uma maneira de nos ajudar a memorizar informações, e é por isso que muitos de nós aprendemos o alfabeto, ou a tabuada os dias da semana e os meses do ano com a ajuda da música. A música pode nos ajudar a lembrar de outras maneiras também. Um estudo descobriu que aqueles que ouviram música tinham melhor memória e atenção – e um humor mais positivo – do que aqueles que ouviram um livro de áudio ou nada. Outros estudos mostraram que mesmo aqueles com Alzheimer eram mais capazes de reter informações depois de ouvir música. Se tens problemas com a memória à medida que envelheces, a música pode ajudar. Tenta ouvir música que aches estimulante antes ou enquanto aprendes algo novo. Pode ajudar-te a lembrar melhor o que lês, ouves ou vês.

 

2. Ajuda-nos a controlar a dor.

 

Às vezes, com a idade, vêm as dores. A música tem se mostrado muito promissora em ajudar as pessoas a lidar com esse tipo de dor, bem como a dor de condições como a fibromialgia. Os pesquisadores acreditam que a música ajuda a liberar substâncias químicas do bem-estar que mediam a dor, incluindo dopamina (o neurotransmissor do prazer e da recompensa), serotonina e oxitocina. A música pode até desencadear a liberação de opióides endógenos, que atuam como hormonas para nos ajudar a controlar a dor. Queres experimentar? Sugerimos que procurares um musicoterapeuta certificado próximo de ti ou experimentares em casa com a tua música favorita.

 

3. Música = alívio do stress

 

Andas stressada ultimamente? A música pode ajudar. Estudos mostram que ouvir música após um acontecimento stressante pode ajudar-te a que tenhas uma recuperação mais rápida. Isso ocorre provavelmente porque os mesmas hormonas e neurotransmissores que ajudam na dor também ajudam no alívio do stress. Ouvir música pode reduzir a frequência cardíaca, diminuir a pressão arterial, diminuir o cortisol (a hormona do stress) e aumentar as hormonas do bem-estar e as endorfinas. Então, quando te sentares para relaxar após um dia stressante, tenta ouvir alguma música que tu ames enquanto tomas chá, faz alongamentos ou faz outras atividades relaxantes.

 

4. A música ajuda-nos a exercitarmos melhor.

 

Se ouves música quando fazes exercícios, temos boas notícias. A música demonstrou que te ajuda a te exercitares com mais eficiência e vigor do que o silêncio ou outros sons. Ouvir música em ritmo acelerado enquanto caminhas, corres ou andas de bicicleta reduz a tua “consciência de esforço” – em outras palavras, tu trabalhas mais com musica do sem ela e o melhor de tudo é que nem te apercebes que estás a trabalhar mais. Os pesquisadores também mostram que treinar com música torna o treino mais longo. A próxima vez que saias para a tua caminhada diária ou visita ao ginásio, tenta ouvir algumas músicas em ritmo acelerado. Tu provavelmente obterás melhores resultados sem sentir que estás a trabalhar mais.

 

5. A música ativa os nossos cérebros.

Estás em guerra com o teu foco ou criatividade? Estimular o teu cérebro através da música pode ajudar. Estudos mostram que ouvir música fora da tua zona de conforto pode estimular o teu cérebro de maneiras que ouvir música familiar não consegue.

Quando ouvimos novos tipos de música, o nosso cérebro luta para entendê-la, estimulando novos caminhos que podem melhorar a atenção, o foco e a resolução de problemas.

Quando seu amigo, filho ou neto te convidar para ouvires a sua banda favorita, experimenta.

Podes até acabar por gostar - ou da musica em si, ou pelo menos dos benefícios - mais do que pensas.

Conta-nos… Como é que tu incorporas a música no teu dia a dia?

1 comente
de Maria Manuela Tavares Medalha Mendes Duarte em September 21, 2022

Para mim, a música é muito importante. No carro,
vou sempre a ouvir música e a acompalhar. Sou
incapaz de ir sem ouvir música. Em casa ouço música. A música é uma grande companhia, para mim a música é Vida!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Os comentários devem ser aprovados antes de aparecer


DE VOLTA AO TOPO